Acordo obriga a MOB garantir acesso livre de cadeirantes em transporte aquaviário, rodoviário e ferroviário.

Firmado na última sexta-feira, 24, pelo Ministério Público do Maranhão com o Estado do Maranhão e a Agência Estadual de Transporte e Mobilidade Urbana (MOB), um acordo garantiu acesso livre a pessoas com deficiência em transporte aquaviário, rodoviário e ferroviário no estado do Maranhão.

Para ter direito ao benefício, basta a apresentação da carteira de passe livre, expedida pelo Ministério dos Transportes mediante cadastro.

Pelo MPMA assinou o acordo o promotor de justiça de Defesa dos Direitos da Pessoa com Deficiência de São Luís, Ronald Pereira dos Santos. Homologou o documento o juiz Douglas de Melo Martins.

Também assinaram o tratado representantes do Estado do Maranhão, Agência Estadual de Transporte e Mobilidade Urbana (MOB), Conselho Estadual das Pessoas com Deficiência, Secretaria de Estado de Direitos Humanos, Fórum Metropolitano da Pessoa com Deficiência e Patologia e Fórum Maranhense das Entidades.

Pelo acordo, o MOB reconhece o direito das pessoas com deficiência para a utilização dos transportes coletivos intermunicipais e semiurbanos aquaviários, rodoviários e ferroviários. Já o Estado do Maranhão reconhece como válida a carteira de passe livre das pessoas com deficiência.

O acordo foi firmado dentro do processo da Ação Civil Pública proposta pelo MPMA contra o Estado do Maranhão.

Extraído do blog Ribamais

Secretário de Meio Ambiente de Paço do Lumiar busca junto à comunidade soluções para o Rio Grande no Iguaíba

O secretário de Meio Ambiente de Paço do Lumiar, Renato Gomes esteve na última sexta-feira 17/03, acompanhado de coordenadores da Secretaria de Meio Ambiente e da Infraestrutura além das lideranças locais, na comunidade do Iguaíba, para acompanhar o real estado de agressão ambiental que, vem sofrendo nos últimos anos o Rio Grande.

Com suas margens totalmente assoreadas o Rio que, outrora já foi de grande importância para a comunidade, hoje sofre pelo descaso do poder público nas gestões passadas.

Moradores relataram ao blog, que o mesmo foi aterrado para que desse continuidade à Rua da Itatuaba, quando na verdade no local era pra ter sido construído uma ponte.

O secretário comunicou à comunidade que nos próximos dias providenciará a desobstrução do canal pela retirada de objetos que estão poluindo ainda mais o seu leito e que futuramente       o mesmo terá sua total desobstrução com a retirada do aterro e do muro de uma propriedade que está fora da distância permitida por lei das margens do Rio.

Este serviço acontecerá intersetorialmente pela secretaria de meio ambiente e de infraestrutura do município que irão constuir uma ponte no local.

Os moradores sentiram-se motivados pelo empenho da comitiva do Meio Ambiente em solucionar o problema e destacaram que nunca tinham sido visitados, apesar da gravidade do problema.                                                DO Blog do Paulo Filho

Paradas de ônibus no bairro do Maiobão está entre as maiores com índices de assalto.

Moradores ainda reclamam dos constantes assaltos que sofrem em paradas de ônibus e dentro de coletivos, apesar das intensas ações da Polícia Militar para inibir esse tipo de crime
 

Por Isadora Fonseca/ O Imparcial

Com a rotina de trabalho, muitas pessoas utilizam diariamente o transporte coletivo para chegar aos seus destinos. E muitos deles convivem, constantemente, com o medo de assaltos, que acontecem geralmente dentro dos coletivos e também nas paradas de ônibus. Muitos moradores da região metropolitana de São Luís reclamam que não há nenhum tipo de segurança, o que costuma deixar a rotina deles mais complicada.
Para Ivan Mauricio, morador do bairro Apeadouro, a sensação de insegurança permanece. “Já fui assaltado em vias normais, mesmo sem estar em parada de ônibus ou até dentro de um coletivo”. Segundo Ivan, há sempre uma tensão quando uma moto passa perto de um ponto de ônibus.
“Quando estou em uma parada, o medo aumenta quando me deparo com uma moto, por exemplo. A maioria dos assaltos em paradas de ônibus são cometidos por bandidos em motocicletas e sempre eles estão em dois”, revelou.
Ana Carolina, moradora do bairro da Cohab, conta que não se sente segura nem mesmo fazendo sua caminhada. “Estava com um aparelho de música caminhando próximo à Reserva do Itapiracó quando me assaltaram. A única coisa que fica é a sensação de impotência, pois não podemos fazer nada”, lamenta. Carol conta que hoje não anda mais de ônibus, mas já foi assaltada três vezes no transporte público e nas caminhadas diárias.
A estudante de Jornalismo Natalia Oliveira, morado do Centro, revelou que em questões de transporte público não há nenhuma segurança. “A gente anda no ônibus e fica vulnerável a qualquer tipo de acontecimento, assaltos e até acidentes. Nas paradas que costumo frequentar, não vejo segurança alguma. Já vivi uma situação em que estava na parada e apareceu uma estranha assaltando todo mundo”, lembra.
Paradas com maiores índices de assalto
• Monte Castelo – Próximo ao elevado
• Maranhão Novo – na cabeceira da Ponte
• Anjo da Guarda – na avenida dos portugueses
• Alto da Esperança – Mangueirão
• Br 135 – toda extensão
• Rotatória da Forquilha
• Maiobão – toda extensão da Estrada de Ribamar
• Araçagi – próximo a UPA
• Olho D’agua – toda extensão da avenida
• São Francisco – cabeceira da ponte
• Terminal da Praia Grande – próximo ao Mercado do Peixe
• Ponte Bandeira Tribuzi – próximo ao hospital Dutra
• Angelim – próximo ao elevado da Cohab
Ações
Apesar das reclamações constantes da população, há quem perceba a ação da Polícia Militar tentando inibir os índices de assalto da região metropolitana de São Luís. Edilcia Almeida, moradora do bairro Maiobão, avalia como positiva e elogia as ações que a PM vem realizando. “Apesar de já ter sofrido assaltos em parada de ônibus, quando vejo uma abordagem, a sensação é de segurança. Sei que muito pode ser feito ainda, mas a polícia está trabalhando”, afirmou.
Para a Polícia Militar, desde o início do ano, foram feitas mais de 1.000 abordagens em ônibus. Segundo eles, parte das operações de combate a assaltos a coletivos resultou na condução de vários suspeitos e diversas apreensões de armas brancas (facas e facões), pequenas de drogas, como maconha e pedras de crack, armas de fogo e algumas até mesmo de brinquedo. As operações são realizadas pela Polícia Militar do Maranhão, pelo Batalhão de Choque e a Cavalaria da PM nos principais pontos críticos de incidência de assaltos a ônibus.
Mapa dos pontos
De acordo com o comandante do CPAM I, coronel Pedro Ribeiro, os principais pontos críticos considerados de maiores incidências criminais de assaltos são a Avenida do Monte Castelo, próximo ao elevado; na cabeceira da ponte do Ipase, no bairro do Maranhão Novo; na área do Anjo da Guarda; na Avenida dos Portugueses; no Alto da Esperança, em um local chamado Mangueirão; na BR-135 – em toda sua extensão; na rotatória da Forquilha até a chegada do Maiobão; na Upa do Araçagi até o Olho d’Água; na cabeceira da Ponte do São Francisco; no Terminal da Inegração da Praia Grande até o Mercado do Peixe; nas áreas da Ponte Bandeira Tribuzi, próximo ao Hospital Dutra, e no bairro do Angelim, próximo ao elevado da Cohab.
O secretário-adjunto do Sistema de Segurança Pública, Saulo Ewerton, revelou que já existe uma programação de abordagens em pontos de parada de ônibus e que todos os Batalhões de Polícia Militar estão incluídos, bem como a Polícia Civil, por meio da Superintendência de Polícia Civil da Capital (SPCC).
“O sistema de segurança está buscando constantemente a resolutividade desses crimes com a integração das forças policiais e obviamente diminuindo as ocorrências desse gênero. Nós temos informações desses crimes de que houve um incremento nessas ações criminosas, onde boa parte tem tido uma migração de locais, e isto inclusive já foi alertado para a Polícia Militar, bem como para SPCC, para que haja uma aglutinação do planejamento para que as operações se otimizem no sentido de haver um estanque dessas ocorrências”, finalizou o secretário.
Operações da PM
Em termos de dados, o comandante informou que a Polícia Militar iniciou este processo de operações em coletivos especificamente no dia 23 de fevereiro de 2014, desde então houve várias denominações destas operações – Operação Catraca, Operação Transporte Seguro, Maria Metropolitana e atualmente com a operação “Busca Implacável”, que é realizada 24 horas por dia e coordenada pelo três comandos metropolitanos – CPAM I, II e III, pelo Comando de Policiamento Especializado – Rotam, Choque, Cavalaria, Companhia de Operações Especiais, além do Comando de Segurança Comunitária.
As operações são diárias, realizadas em toda região metropolitana, começando a partir das 6h até o encerramento da circulação dos transportes coletivos. Para as abordagens, são escolhidos pontos estratégicos como já foram repassados, geralmente locais mais vulneráveis à criminalidade. No combate aos assaltos a ônibus, a operação Busca Implacável é uma dinâmica que consiste em abordar ônibus em movimento. Cerca de 268 abordagens são feitas diariamente por cada companhia.

Paço do Lumiar: Motociclista derrapa em pista molhada e adolescente que estava na garupa morre, após carro passar por cima.

Um atropelamento foi registrado nas proximidades do cruzamento Joelho de Porco, na tarde deste domingo (26), em Paço do Lumiar, região metropolitana de São Luís. Uma das vítimas não resistiu aos ferimentos e morreu.
De acordo com informações, a adolescente que veio a óbito estava na garupa de uma motocicleta, modelo Honda XR 300 com seu irmão. Após derrapar na pista molhada, os dois acabaram caindo da moto, e um veiculo que vinha atrás, atingiu os dois.
A adolescente sofreu várias escoriações pelo corpo, e não resistiu aos ferimentos e acabou morrendo ainda no local, já seu irmão foi encaminhado ao Hospital Socorrão 2, seu estado de saúde é considerável estável.

O condutor do veiculo ainda tentou frear e desviar, entretanto com a pista molhada, acabou passando por cima da adolescente.

O trânsito ficou congestionado na Ma-204, dezenas de curiosos se aglomeraram para ver o acidente.

 Informações blog do Rilton Silva

Pastor é assassinado a tiros durante culto em congregação da Assembleia de Deus

O pastor Custódio Gonçalves, 57 anos, era o dirigente da Assembleia de Deus Ministério Apascentando Ovelhas. O templo, localizado no bairro Santo Antonio, em Manilha, estava cheio no momento do crime.

De acordo com informações do G1, um homem entrou no templo por volta das 20h30, enquanto o culto acontecia, e efetuou os disparos contra o pastor. A Polícia foi chamada, mas quando chegou, Custódio Gonçalves já estava sem vida.

A Delegacia de Homicídios de Niterói, São Gonçalo e Itaboraí assumiu a investigação do caso, mas ainda não sabe o que motivou o crime. Um suspeito foi preso nas primeiras horas dessa segunda-feira, 27 de março, e levado à delegacia para prestar depoimento.

Nas redes sociais, fiéis da denominação dirigida pelo pastor, assim como amigos e familiares, prestaram homenagens a ele: “Que o Senhor receba o nosso irmão em seu reino e lhe dê paz e o merecido descanso”, escreveu um internauta.

“A certeza como cristã que eu tenho que um dia vamos todos se encontrar na cidade santa. Lá sim não haverá mais dor. Sim seremos eternamente felizes. Que Deus conforte o coração de todos e em breve estamos juntos na cidade santa, muito alegres”, afirmou outra usuária do Facebook.

Por Tiago Chagas  -Gospel Mais

ProUni abre inscrições para bolsas não preenchidas

O Programa Universidade para Todos (ProUni) abriu na noite de hoje (27) as inscrições para as bolsas que não foram preenchidas no processo de seleção regular. O cadastro vão até 5 abril para os candidatos que não estão matriculados na instituição de ensino e até 5 de maio para os estudantes já inscritos na instituição em que desejam obter a bolsa.

Podem concorrer professores da rede pública e estudantes que fizeram alguma edição do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) a partir de 2010. O candidato não pode ter nota 0 na redação e precisa ter, no mínimo, 450 pontos na média no Enem. As inscrições serão pelo site do ProUni.

As bolsas integrais são para os candidatos com renda familiar bruta por pessoa de até 1,5 salário mínimo por mês e as bolsas parciais, para os participantes com renda familiar bruta por pessoa de até três salários mínimos. Os professores estão dispensados do critério de renda.

Além disso, o candidato deve ter cursado o ensino médio completo em escola da rede pública, ou em escola da rede particular na condição de bolsista integral da própria escola, ou ser pessoa com deficiência.

A inscrição é gratuita e efetuada exclusivamente pela internet, acessando a página doProUni no endereço eletrônico http://siteprouni.mec.gov.br. Antes de iniciar a inscrição, o candidato deve se cadastrar no sistema de bolsas remanescentes.

O ProUni oferece a estudantes brasileiros de baixa renda bolsas de estudos integrais e parciais (50% da mensalidade) em instituições privadas de ensino superior. Na primeira edição de 2017, o ProUni ofertou 214.242 bolsas de estudo. As bolsas que não foram preenchidas em nenhuma das chamadas regulares serão ofertadas nesta etapa.

Da Agência Brasil

Prefeito Idan Torres inaugura três escolas em Santa Filomena; novas obras foram anunciadas pelo governador

A educação de Santa Filomena do Maranhão não será a mesma e daqui pra frente, a tendência é aumentar o número de vagas para estudantes em povoados que padeciam com a carência de prédios com estrutura adequada. O início de tudo foi sacramentado hoje com a inauguração de três unidades escolares do Programa Escola Digna, uma no assentamento do povoado Ingarana, outra no povoado Bié e outra no povoado Nazaré.

Nas três inaugurações esteve presente o governador Flávio Dino que estava acompanhado do prefeito Idan Torres, deputados, prefeitos, vereadores e lideranças políticas de Santa Filomena e região. As duas escolas construídas nos povoados Ingarana e Bié irão substituir casebres rústicos que eram usados para alojar os estudantes das duas comunidades. As escolas são padronizadas e dispõe de seis confortáveis salas de aulas, cadeiras de estrutura sintética e metálica, além de um amplo hall para recreação.

 

A escola do povoado Nazaré homenageia de forma justa o ex-vereador tuntuense, Horácio Eleotério Eduardo, falecido há cerca de 20 anos. Na inauguração a filha de Horácio mostrou-se muito lisonjeada pela homenagem feita pelo prefeito Idan Torres ao seu pai. No seu pronunciamento, o prefeito Idan Torres discorreu sobre os problemas que vêm enfrentando depois que recebeu o município em péssimas condições, inclusive para deixar a cidade limpa teve que retirar mais de 200 carradas de lixo. Antes de concluir, o prefeito anunciou suas próximas atitudes em favor do município. “Dentro de 15 dias estaremos inaugurando a Central de Merenda Escolar de onde iremos mandar merenda para mais de 70% de todo alunado (…) Em julho todos os nossos alunos da rede municipal vão está com fardamento (…) Quero dizer a vocês que não percam as esperanças, pois estamos somente com três meses de trabalho”, concluiu muito otimista o prefeito.

O governador iniciou sua fala acrescentando sobre a importância da educação para o mundo, colocando como exemplo os países europeus e enfatizando que o caminho será este para o Maranhão buscar melhores dias. Ele acrescentou que a cada dia está inaugurando uma Escola Digna, e que daqui pra frente o ritmo será este.  A expectativa dos muitos filomenenses que ouviam o governador estava para o possível anúncio de novas obras, principalmente de infraestrutura, fato que veio acontecer, o governador prometeu pavimentar a sede do município e até o próprio povoado Nazaré. “Nós vamos atender o teu pedido Idan, de asfalto para a sede do município, para o povoado Nazaré e para onde precisar”, afirmou. O governador ainda garantiu ao prefeito Idan Torres a doação de uma ambulância e a implantação de um restaurante popular, que oferecerá comida a R$ 2,00.

A cidade de Santa Filomena já mostra hoje um novo aspecto, uma nova cara, percebe-se claramente que as pessoas estão confiantes na nova gestão e em tudo que estará por vir para mudar a vida da população.

Informações blog do Lobão

Depois de Anos de Inadimplência, Município de Newton Bello Está Apto a Receber Emendas, Recursos e Convênios do Governo Estadual

A Atual Administração de Gov.Newton Bello, que tem como Prefeito, Roberto do Posto (PCdoB), conseguiu em menos de 90 dias de Governo ,  uma grande façanha tirá o município da inadimplência em relação ao CEI (Cadastro Estadual de Inadimplentes ) da Secretaria de Estado da Fazenda.

Com essa conquista o município está apto a partir de agora receber emendas, convênios e recursos do Governo do Maranhão nas áreas da saúde, educação,assistência social, atividades culturais e demais. 

De acordo com informações da assessoria jurídica a prefeitura de Gov.Newton Bello já estava à alguns anos inadimplentes e impossibilitada  de receber benefícios do Governo do Estado. A gestão atual então resolveu agir e conquistar essa grande conquista para o município.

Em entevista  o Prefeito Roberto do Posto disse “ É uma grande vitória para o nosso município, a partir de agora estamos  aptos a receber inúmeros benefícios do governo do estado. Ainda existem alguns municípios com essa inanplência , porém nossa gestão não mediu esforços para retirar todas as pendências que bloqueavam os repasses do município. O nosso Governo tem esse objetivo de desenvolver o município e vamos em busca disso.”

Entenda mais sobre o CEI !

O Cadastro Estadual de Inadimplentes – CEI foi instituído pela Lei nº 6.690, de 11/07/1996 e regulamentado pelo Decreto nº 21.331, de 20/06/2005, com a finalidade de dotar a Administração Pública Estadual de um instrumento eficaz de consulta quanto aos devedores do Estado.

O que é o CEI?

O CEI é um banco de dados onde estão registrados os nomes de pessoas físicas e jurídicas em débito para com órgãos e entidades da administração pública estadual, direta e indireta.

As informações estão centralizadas no Sistema de Cadastro Estadual de Inadimplentes – SISCEI, cabendo à Secretaria de Estado da Fazenda expedir orientação de natureza normativa. O SISCEI está disponível na internet, na página da SEFAZ, www.sefaz.ma.gov.br.

Quem pode ser incluído no CEI?

Responsáveis por obrigações pecuniárias vencidas e não pagas, há mais de quarenta dias, para com os órgãos e entidades da administração pública estadual, direta e indireta; Com a inscrição cancelada no cadastro de Contribuintes do ICMS, da Secretaria de Estado da Fazenda;  Tenham celebrado convênio, acordo, ajuste, contrato ou instrumento congênere com órgão ou entidade integrante da administração pública estadual e se enquadrem em pelo menos uma das situações seguintes:

1. Inadimplência em relação à apresentação da prestação de contas dos recursos recebidos no prazo estabelecido. 2. A prestação de contas dos recursos recebidos contenha ou demonstre vicio insanável; 3. Não-cumprimento, no todo ou em parte, do objeto do convênio, acordo, ajuste, contrato ou instrumento congênere.

Quem é responsável pela inclusão e exclusão no CEI?

A inclusão e a exclusão no CEI é feita pelos órgãos e entidades da administração pública estadual direta e indireta.

Quantas vezes o nome de um devedor pode ser inscrito no CEI?

Cada devedor deverá ser cadastrado uma única pelo órgão credor, todavia a baixa somente será realizada após a regularização de todas as suas obrigações para com aquele órgão.

Por outro lado, estando um devedor em débito para com mais de um órgão credor, haverá mais de uma inscrição: uma para cada órgão.

Como é feita a inscrição no CEI?

O órgão responsável pela administração do crédito deve notificar o responsável pela obrigação vencida. Se a dívida não for regularizada dentro de 15 dias, contados a partir da data de comunicação, o nome do devedor será inscrito no cadastro.

Informações: lucianotavares.com

Hilton Gonçalo no páreo de 2018

Diante de nomes em profusão já postos, prefeito de Santa Rita vira opção na disputa por uma das duas vagas de senador; e deve mesmo fazer uma movimentação partidária para se viabilizar

Gonçalo tem experiência e credibilidade para a disputa

A disputa eleitoral de 2018 no Maranhão já tem um cenário praticamente definido: a dicotomia entre o grupo Sarney e o governo Flávio Dino (PCdoB) pelo Palácio dos Leões.

Já a disputa pelo Senado começa a apresentar uma profusão de nomes de políticos – muitos sem experiência ou enrolados com a Justiça.

Prefeito de Santa Rita pela terceira vez, o médico Hilton Gonçalo (PCdoB), surge como uma dessas opções, com o diferencial de poder controlar a própria agenda político-partidária.

Gonçalo tem a aprovação cristalizada em seu município, trunfo que poucos gestores conseguem manter; os índices superam os 80%.

Mais do que isso, o médico tem experiência administrativa consolidada.

O prefeito com Eduardo Braide, Wellington, Rose Sales e André Fufuca: base em São Luís

No campo político, Hilton Gonçalo deu provas na eleição do segundo turno em São Luís de que é extremamente habilidoso: conseguiu agregar nomes importantes para a campanha de Eduardo Braide (PMN) evitando o isolamento do deputado estadual.

BLOG MARCO AURELIO DECA

ACONTECEU: Pastor encontra e doa diamante de US$60 milhões para combater a pobreza.

Pastor Emmanuel Momoh mostra o diamante que encontrou em Serra Leoa. (Foto: Toronto Star)
 
Um pastor da Serra Leoa, que complementa sua renda trabalhando nas minas do país, encontrou em suas escavações recentes, um dos maiores e mais valiosos diamantes já vistos em todo o mundo. Aquela poderia ser a sua chance de se tornar um homem extremamente rico, mas preferiu olhar para a necessidade de seu povo e doou a pedra preciosa.
 
O Pastor Emmanuel Momoh encontrou a pedra de 706 quilates na região de Kono. Especialistas disseram que a pedra pode valer até 62 milhões de dólares, dependendo da qualidade. Foi a maior descoberta de diamantes desde 1972, de acordo com a agência de notícias ‘Africa Today’.
 
Analistas do setor disseram que a pedra é o 13º maior diamante bruto que já foi extraído em todo o mundo.
 
O pastor Momoh apresentou o diamante ao presidente da Serra Leoa, Ernest Bai Koroma, doando a pedra ao governo, com instruções de que a doação deve ser usada para o melhoramento da situação dos mais pobres no país.
 
“Acredito que o governo possa fazer mais”, disse Momoh à Africa Today. “Especialmente em um momento em que o país está passando por alguns desafios econômicos”.
 
O pastor disse também que gostaria de ver melhorias no acesso dos mais pobres à eletricidade e transporte de qualidade.
 
Depois que o Pastor Momoh fez a notável doação ao governo, a pedra ficou guardada um cofre no Banco Central de Serra Leoa, na capital de Freetown, de acordo com a ‘Africa Today’.
 
Pessoas na aldeia de Yakadu, onde o pastor encontrou o diamante, vivem em uma área devastada por uma sangrenta guerra civil e pela crise do Ebola.
 
Existem muitas grandes empresas que operam nos campos de diamante, em Kono, usando grande escavadeiras, dragas e bombas de água industriais. Portanto, é ainda mais surpreendente que o Pastor Momoh tenha encontra a joia usando ferramentas simples com picaretas e pás para cavar.
 
Alguns poderão ver este acontecimento como uma resposta às orações do povo, ou pelo menos um reflexo do amor de Deus pelos mais pobres.
 
“Com o virtuoso vigário, depois de entregar a pedra às autoridades, também pode ser visto como um ato de propiciação, momento em que Serra Leoa se distanciou simbolicamente da sedição de sangue provocada pelos diamantes de sua guerra civil que durou 11 anos, terminando em 2002”, Observou Adrian Blomfield ao ‘The Telegraph’.
 
Blomfield observou que milhares de pessoas em Serra Leoa passaram a maior parte do início dos anos 2000 cavando na lama, em regime de trabalho escravo para encontrar diamantes que financiassem uma rebelião montada por um sargento apoiado pela Libéria, Foday Sankoh.
 
“A Frente Revolucionária Unida de Sankoh puniu aqueles que resistiram à escravidão, mutilando essas pessoas, arrancando ouvidos e órgãos genitais ou globos oculares. Mais de 100.000 pessoas foram mortas e dezenas de milhares foram mutiladas antes da intervenção militar da Grã-Bretanha em 2000, que virou a maré da guerra a favor do governo”.
 
As injustiças em Kono foram retratadas no plano de fundo do filme “Blood Diamond” (“Diamante de Sangue”), um filme estrelado pelos atores Leonardo DiCaprio, Djimon Hounsou e Jennifer Connelly.
 
O presidente Ernest Bai Koroma deu garantias de que o diamante será leiloado de forma transparente e elogiou o pastor Momoh “por não ter contrabandeado o diamante para fora do país”. Ele também afirmou que o pastor Momoh será recompensado por sua bondade.
BLOG valdiva Nalves